10 novembro

Vitor Arantes Quarteto

10 novembro

Formado em 2014, o grupo se ergueu a partir da iniciativa de membros reminiscentes de um grupo de musica brasileira. A reformulação dos integrantes aliada a uma expansão das influencias do grupo, que tem como base a musica brasileira - adicionando ao repertorio uma ideia de World Music o Vitor Arantes Quarteto tem trabalhado em um repertorio autoral que visa abarcar, de uma maneira despretensiosa, simultaneamente a musica de Hermeto Pascoal e Avishai Cohen, Tom Jobim e Tigran Hamasyan, Trio Corrente e Ari Hoenig.

Integrantes da Orquestra Jovem Tom Jobim, o grupo se encontra sob a tutela dos maestros Nelson Ayres e Tiago Costa e tem tido oportunidades de acompanhar nomes como: Cassio Ferreira, Leila Pinheiro, Alexandre Ribeiro, Ivan Lins, Sidmar Vieira, Josue dos Santos, Jorginho Neto, Leitieres Leite. Tais experiências moldaram e amadurecerem o grupo ate agora.

Comprar agora!

Mariano Loiácono Quinteto

10 novembro

Começou seus estudos musicais de piano aos oito anos. Aos doze anos começa a tocar trumpete na Escuela de Música Silvio Agostini, de Cruz Alta. Dois anos depois, viaja a Rosário para estudar trumpete e depois a Buenos Aires para seguir seus estudos com Fernando Ciancio, solista da Orquestra Filarmônica do Teatro Colón. Dois anos depois, regressa a Rosário e ingressa como primeiro trumpete da Orquestra Sinfônica Juvenil da Universidade Nacional de Rosário, onde fica por cinco anos. Também integra neste período a Orquestra de la Ópera de Rosario, realizando obras como “La Bohème”, “Nabuco”, “Aída” e “O Barbeiro de Sevilla”, entre outras. Em 2004, começa a estudar harmonia e improvisação com o trompetista de jazz Juan Cruz de Urquiza e na EMC (Escola de Música Contemporânea, Berklee International Network). Continuou estudando, co nomes como George Garzone, Jeremy Pelt, Scott Wendholt, tm Haggan, Eddie Henderson, Jim McNelly e Alex Sipiagin.

Dividiu concertos e festivais com alguns do mais reconhecidos nomes do cenário nacional e internacional do jazz, como Jeff “Tain” Watts, Rufus Reid, Cyrus Chestnuts, Antonio Hart, Ugonna Okegwo, Adam Cruz, Dave Holland, Dave Douglas, Billy Cobham, Donnald Harrison, entre outros.

Comprar agora!

Edu Ribeiro Quinteto

10 novembro

Aclamado pela Pitchfork como "um dos melhores saxofonistas da atualidade", o saxofonista, compositor e educador Rudresh Mahanthappa é amplamente conhecido como uma das principais vozes do jazz do século 21. Ele tem mais de uma dúzia de álbuns gravados, incluindo o aclamado Bird Calls, que liderou as listas de melhores críticas no ano de 2015 e foi saudado pela PopMatters como "complexo, ritmicamente vital, livre de espírito e ainda em equilíbrio com estruturas mutantes". Rudresh foi considerado o saxofonista do ano por seis dos sete anos consecutivos nas pesquisas da Revista Downbeat da International Critics e por cinco anos consecutivos pela Associação de Jornalistas de Jazz.


Eleito o saxofonista do ano pela revista Critics'Poll 2016, do JazzTimes Magazine, também foi eleito o "Melhor Artista de Jazz" do Village Voice em 2015. Ele também recebeu o Guggenheim Fellowship e o Doris Duke Performing Artist Award, entre outros prêmios.
 Mahanthappa continua a criar música viva com urgência rítmica, mergulhada na linhagem do jazz saxofone e responsivo às tradições e práticas do mundo musical mais amplo.

Comprar agora!